Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009
Imagem
E QUE VENHA

!


Bichos escrotos

Quando vemos imagens de sociedades que nosso ego se satisfaz em chamar de primitivas praticando algum ato que atente contra noções básicas de higiene, nosso instinto dito civilizado sente certa repulsa pela cena.
Pois na McDonalds da rodoviária de Salvador a atendente ia pegando uma bandeja quando se deparou com uma barata. Jogou a bandeja no chão e pegou a seguinte para servir ao cliente que a tudo presenciou mas não protestou.
Lembrei que no Shopping Barra, vimos um dia um carrinho de lixo parado no balcão do Monalisa. Perguntei à atendente por aquilo, que me disse ser rotina a retirada do lixo pelo mesmo local onde servem a comida. Cancelei meu pedido.
No Cinemark, no Salvador Shopping, a balconista trouxe as cestinhas onde se colocam as pipocas e deixou no chão.
Nem mesmos os protestos nossos e de outra cliente a fizeram perceber o absurdo da atitude. Quando a cliente pediu que a pipoca fosse colocada numa cesta que não estivesse no chão, a menina respondeu que todas as cestinhas…

Dirija-se ao portão

Enquanto o conceito de "fast-food" é contestado por nutricionistas sérios, na parte que diz respeito ao "food", na Bahia é a idéia de "fast" que merece discussão. Nem todo treinamento lavagem cerebral do McDonalds consegue fazer que um baiano prepare um daqueles sanduíches em tempo razoável. Se for no Bob's, onde uma amiga me disse ter a impressão de que cotratam os reprovados pelo Ronald, a coisa é desesperadora!
Mas não consigo entender essa lerdeza em lanchonetes da rodoviária. Em boa parte delas a comida já está pronta. É só pegar e entregar. E parece obvio que a maior parte da clientela está com mais pressa do que habitualmente, afinal seu ônibus está para partir em minutos.
Mesmo assim, as atendentes da rodoviária se comportam como se os clientes tivessem vindo passar as ferias na rodoviária e, portanto, tivessem todo o tempo do mundo.




Feliz Ano de Novo

Acabo de saber que o irmão de uma amiga morreu. Edgar, 31 anos, era um publicitário alegre, trabalhador mas cometeu um erro fatal na Salvador dos dias de hoje: saiu de casa, sem o aparato de segurança que protege governadores, deputados e juízes do Brasil. Estava num bar no Horto Florestal, foi assaltado e levou um tiro.
No Brasil atual quem tentar proteger sua família de assaltos, estupros e violências, tomando atitudes para suprir a ineficiência da polícia, pode acabar preso ou ter sua casa saqueada. Enquanto isso, quem mata, estupra, rouba, tem a proteção dos direitos humanos e as fervorosas preces de que se sensibilizem por passeatas de imbecis vestindo branco!
Não sou a favor de tortura quer seja de animais ou de seres que se acham humanos, mas não teria dúvidas que se a oportunidade me fosse dada, eu cravaria uma bala na cabeça do assassino de Edgar. Não é a solução adequada, mas enquanto os intelectuais e juristas discutem a "violência" que seria colocar esses animais p…

No grito

Até hoje tem gente que se arrepia quando alguém fala em compra pela internet. A imagem que vem à cabeça dessas pessoas é de produtos não entregues ou defeituosos, falta de atendimento pra resolver algum problema, desaparecimento da loja sem deixar rastros ou outras tragédias.
Pra mim, a compra pela internet elimina o maior incoveniente da compra nas lojas convencionais: a pessoa. Não há vendendor, lojista, atendente, associado, colaborador ou qualquer outro nome que queiram dar. Escolhendo bem a loja virtual, os riscos são até menores do que nas lojas físicas. Sem alguém tentando te empurrar um produto, com promessas mentirosas, o próprio usuário pode calmamente escolher o produto mais adequado, ver suas especificações, comparar os preços com outras lojas e checar direitinho as condições de pagamento. Pra completar, as melhores lojas virtuais costumam oferecer descontos pra seus clientes regulares, coisa que as lojas físicas não fazem.
Claro que as lojas físicas tem a grande vantagem d…

Eu apóio!

Imagem

Coincidências

"Bêbada mostra os seios para carros e é atropelada""Susana Vieira deixa seio à mostra em festa paulistana"Como eu não vi uma terceira manchete intitulada "atriz global sexagenária acidentada", imagino que essas duas notas acima, publicadas na mesma semana, tenha sido mera coincidência... ou sincronicidade como gosta de dizer uma amiga meio new age.

Ato médico

A pressão dos médicos consegui aprovar a lei do "ato médico" que proíbe profissionais como fisioterapeutas, acupunturista, nutricionista entre outros a realizarem diagnóstico e prescreverem medicação. Restringem tais atos aos médicos. Isso significaria que esses profissionais seriam capazes de, em seus 5 anos de medicina, se especializarem em todos os aspectos do corpo humano, inclusive sendo conhecedor do todas as técnicas de tratamento.
E olha que nem estou falando dos tratamentos não reconhecidos pela medicina, mas que estão nessa condição muito mais pela ignorância dos doutores em entender como eles atuam do que por sua falta de eficácia.
Há uma semana meu irmão sentiu dores de cabeça e enjôo. Foi a um médico que disse que sua pressão estava alta e pediu exames como mapa, raio x, eletro...
Ele começou então a maratona de marcar exames.
Durante a semana, ele sentiu dores muito forte e vomitou. Na sexta-feira foi pra emergência do Santa Isabel. Chegou às 11:00 h. Eu vim de …

Planeta Água

Agora vê se você, morador do Condomínio Amazona em Salvador, para de reclamar quando entra um pouqunho de ágia em sua garagem!

Criança feliz, quebrou o nariz... hahahahahahahaha

Se tem duas fases em que as pessoas insuportáveis atingem seu potencial de insuportabilidade é na infância e na velhice. Considerando que vizinho não é um ente dos mais queridos, imagine ter uma avó e um neto como vizinhos!
Até hoje eles pouco tinham me incomodado, mas hoje me irritaram fazendo duas coisas que eu detesto.
Primeiro, eu não gosto de crianças que se metem em assuntos de adultos. Bem verdade que eu poderia terminar a frase anterior antes do "que", mas crianças que atendem o telefone e perguntam o que você quer falar com os pais deles, ou que começam a conversar com você como se o conhecessem me tiram do sério. A menos que você realmente conheça essa criança e ela tenha idade pra manter uma conversa com você, eu fico com vontade de dizer uns desaforos, mas tenho a impressão de que os pais delas ficariam chateados, não sei bem por qual motivo.
A outra coisa que me irrita bastante é gente que tem pose de vítima, que encara tudo que acontece como um grande sofrimento p…

Jingle bell, jingle bell, acabou o prozac

Um amigo pediu de casa um remédio na farmácia e como a entrega estava demorando, como todo delivery em Salvador, ele ligou pra reclamar.
A atendente então explicou que o motoboy tinha saído com muitas entregas e arrematou:
"O senhor sabe, nessa época do ano, perto do Natal, as encomendas aumentam".
Eu até endendo essa desculpa da Submarino ou da Americanas, mas de uma farmácia?!
Por que as encomendas de remédio aumentariam durante o Natal?
A pessoa está em casa, aí lembra que é o dia do amigo secreto da firma. "Ai, meu deus, eu não comprei nada". Aí ele liga pra Estrela Galdino e pede 5 caixas de Luftal... pra presente!

Eis a questão!

Três filmes lançados este ano tem uma tematica comum.
Gamer, Substituos e Avatar mostram pessoas vivendo em outros corpos.
Mais do que simples coincidência, os filmes revelam uma tendência de nossa sociedade.
Ainda não podemos mudar de corpos, mas o que fazemos quando criamos um nick nos messengers, chats e ambientes virtuais na internet da vida, senão criar uma persona diferente da nossa? Pelo menos assim pensamos.
No mundo em que o "ter" é o mais importante, o "ser" virou um produto que, acreditamos, pode ser trocado facilmente.
Mas que ninguém culpe o mundo virtual por esse desvirtuamento de valores. Diz um ditado árabe que quando apontamos para a lua, o idiota fica olhando fixamente para o dedo!
Fora da internet, já encontrei gente que, sem saber onde eu trabalho, se apresentou como Oficial da Justiça do Trabalho. Passei mais de cinco anos acreditando que um sujeito era advogado, pelo menos assim me foi apresentado, para depois saber que ele nunca foi cursou uma…

Paciência já não tenho

Imagem
"Pense num absurdo, na Bahia há precedente". A frase de Otavio Mangabeira, que pra uns revela um traço de originalidade do nosso povo, pra mim se traduz por vezes em um conformismo que nada tem de característico do povo que consolidou a independência desse país.
Vim almoçar no Armazem do Sabor e subi pro mezanino onde servem comida japonesa. Vi que um dos sushi men estava almoçando, mas passei pelas atendentes e pelo outro sushi man e sentei.
Espera que espera, forma de expressão em desuso mas que eu gosto, nada de alguém aparecer.
No estabelecimento só eu, na mesa, e Ivete, no DVD.
Quanto já estava desistindo, uma moça aparece. Meu coração e meu estômago se encheram de esperanças.
- Tem alguém atendendo o senhor?
- Não - respondi já me preparando pra ser atendido.
Ela se debruçou na amurada e gritou pra mandarem alguém pra atender um cliente.
Eu queria perguntar se ela não já era alguém. Pra mim tava bom, mesmo que não fosse.
Ela me disse que alguém viria. E saiu.
Alguém vei…

A onda é essa!

(Palavras coloridas são links e devem ser clicadas para melhor compreensão da postagem)


Eu não consigo imaginar exatamente a reação do público quando foram apresentadas ao cinema ou à televisão. Ao contrário do que alguns possam pensar, quando eu nasci essas coisas já existiam.
De meu tempo pra cá, a TV ficou colorida, depois menor, depois maior, estéreo, com vídeo cassete, com dvd. O cinema ficou com telas maiores, som melhor, 3D, digital. Mas proporcionavam a mesma sensação, só que cada vez melhor.
Com a internet a coisa é diferente. Zeca Baleiro pode encher páginas e páginas da IstoÉ falando contra, qualquer intelectualóide esnobe pode torcer o nariz, mas a internet possibilita um tipo de diversão que eu nunca vi antes.
Vamos ver só um dos seus recursos: o Youtube.
Antes dele, o público esperava que a TV ou o cinema lançasse um artista, ou personagem, para admirá-lo, imitá-lo ou odiá-lo. Com o Youtube, o público é que lança suas celebridades, faz a divulgação, e parte pro seguinte.
Maria…

Então pequena?

Tá, ela deve ter tomado todas no sábado, quando deu o rolé nas pedras. Mas todo mundo faz essas merdas quando bebe. Tem gente que casa, tem gente que promete maniçoba, tem gente que canta em karaoké, enfim... não se pode mais culpar a pequena. Mas diga siveramente, depois de uma declaração dessas, tu voltava?????

Que a força esteja sempre limpa e simétrica

Dedicada a todos os amigos e colegas de trabalho que tem TOC!

Maria da P... quê?

Imaginem se ele tivesse tomado o chip dela!

A hora certa

Quando tempo depois do namoro a pessoa deve trocar o status no Facebook? (Ok, ou na sua versão pobre que os brasileiros adoram, o orkut?)
Esse casal aí certamente não teve dúvidas, pois pelo vídeo, percebemos que eles sabem a hora de fazer as coisas.