Bichos escrotos

Quando vemos imagens de sociedades que nosso ego se satisfaz em chamar de primitivas praticando algum ato que atente contra noções básicas de higiene, nosso instinto dito civilizado sente certa repulsa pela cena.
Pois na McDonalds da rodoviária de Salvador a atendente ia pegando uma bandeja quando se deparou com uma barata. Jogou a bandeja no chão e pegou a seguinte para servir ao cliente que a tudo presenciou mas não protestou.
Lembrei que no Shopping Barra, vimos um dia um carrinho de lixo parado no balcão do Monalisa. Perguntei à atendente por aquilo, que me disse ser rotina a retirada do lixo pelo mesmo local onde servem a comida. Cancelei meu pedido.
No Cinemark, no Salvador Shopping, a balconista trouxe as cestinhas onde se colocam as pipocas e deixou no chão.
Nem mesmos os protestos nossos e de outra cliente a fizeram perceber o absurdo da atitude. Quando a cliente pediu que a pipoca fosse colocada numa cesta que não estivesse no chão, a menina respondeu que todas as cestinhas que eles tinham eram aquelas, demonstrando que falta de higiente e de educação estão ligadas.
Particularmente, não como mais no McDonalds da rodoviária, no Shopping Barra ou no Cinemark, mas não custava a vigilância sanitária dar um pulinho lá.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Então não vamos mais brigar

Respeito póstumo

O vento que venta aqui