Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008
Quando a gente pensa que 2008 já deu tudo que tinha que dar, vejo um fato que não entrará nas restropsectivas do ano.
Tudo porque Wanessa Camargo não cantou no Estação Globo (como se de resto ela cantasse em algum lugar). Aí um fã, ao saber que o motivo da não apresentação foi o cancelamento da banda, falou pra Ivete:
"Mas a Wanessa tem milhões de outras músicas. Ela poderia cantar sozinha".
Só em pensar em Wanessa cantando sozinha, à capela, meu corpo treme... e não é de emoção.
"Tem mesmo? Cante uma aí para eu ver", falou Ivete. Foi essa frase que gerou os protestos dos fãs no Youtube, e uma ameaça de boicote a Ivete. Como o carnaval da Bahia está seriamente ameaçado de não ocorrer, graças a esse boicote dos milhões de fãs da filha de Zezé de Camargo e Luciano, resolvi dar espaço e divulgar o protesto deles, que consiste em cantar os sucessos da sua ídola. Selecionei alguns que, a meu ver, ficaram melhores que a original. Aí vai...










Esses vídeos tem o patrocínio de:
Ala…
NOVAS POSTAGENS EM BREVE


Sempre que leio isso, dá a impressão que o autor do blog está preparando os textos e coisa e tal. No meu caso, não é nada disso. É só porque não tenho nada pra escrever no momento e estou curtindo o recesso, fazendo outras coisas. Quando eu voltar, penso no que escrever. Mas não precisa ficar aguardando em frente aocomputador, não: vão à praia, vão ao cinema, saiam com os amigos, tomem todas, tomem só uma pensando que assim não serão pegos na blitz, sei lá, façam alguma coisa e voltem daqui a 3 dias, ok?

Feliz Natal

Polícia para quem precisa

O presidente do sindicato dos donos de postos de combustíveis revelou essa semana que, quando liga para a Sucom ("Sucom, oh,Sucom") ou para a polícia reclamando do pessoal que está utilizando som alto, não é atendido.
Até aí, nada que a gente se espante, pois qualquer cidadão que precise desses órgãos sabe a inutilidade dos mesmos.
O sujeito prosseguiu denunciando que mesmo em caso de uso de drogas, a polícia não atende o chamado e pediu a intervenção do Ministério Público.
No dia seguinte, um representante do MP foi à TV e disse:
1 - Que a responsabilidade pela segurança em estabelecimento privado é do particular.
2 - Que havia uma lei proibindo venda de bebidas em postos e que o sindicato conseguiu derrubar, então os donos de postos tinham que decidir se queriam vender bebidas ou ter tranqüilidade nos estabelecimentos.

Nunca ouvi disparate maior. Seguimentos do Estado não podem condicionar o cumprimento de suas obrigações forçando a sociedade a fazer ou deixar de fazer o que a …

Marido morto não bate!

Enquanto alguns acham a Lei Maria da Penha o que há de mais avançado na defesa de mulheres agredidas, as atrizes, como sempre, lançam moda:

Ex de Gretchen é assassinado no Recife

Ex-marido de Suzana Vieira morreu dentro do carro
Parece que o corpo de Marcelo será cremado. Nada mais apropriado que o padre recite: "Vieste do pó e ao pó retornarás".

Enquanto isso, Época e Veja tiveram sua semana de tablóide, dando destaque à morte do sujeito. Analisem bem, qual a importância desse sujeito pra ganhar a capa de duas das mais importantes revistas semanais do país? Ter casado com Suzana Vieira. Aliás, pelas capas das revistas parece até que foi ela quem morreu ou quem causou a morte do rapaz, já que as fotos são dela.

Pra mim, o destaque dado ao caso só pode servir como piada. Acho engraçado como o Brasil tem condescedência com amantes. Vi esse mesmo tratamento quando revelado que ACM grampeou telefones na Bahia até para investigar a amante. Se referiam a ela como "namorada". …

Imagem é tudo

Num programa de televisão, vejo a pergunta:
VOCÊ PRETENDE FAZER ALGO PELOS HOMOSSEXUAIS ENQUANTO DEPUTADO?

O entrevistado responde:

"Sim. Pretendo fazer algo para que se dê respeito a eles, embora eles não se dêem o devido respeito. Porque ao se travestir, e alguns ficam lindíssimos, mas aí ofendem as mulheres. Não percebem que estão ofendendo a irmã, a mãe... eles precisam entender que um Leonardo Da Vinci, um Santos Dumont foram isso, sem ofender ninguém, nem o próprio nome".

O emissor desse surreal discurso? O deputado federal Clodovil Hernandez!

E pensar que se o apagão aqui em Feira de Santana tivesse durando só mais uns minutinhos, eu teria me poupado disso. Só posso mesmo lamentar que aqui não pega RedeTV! Que falta faz, numa hora dessas, a "inteligência" de Luciana Gimenez.