Nota de Falecimento


Dona Zuzu, do bar Aconchego da Zuzu, morre aos 103 anos

Luiz Lasserre, do A TARDE

Eduardo Martins | Ag. A Tarde | Arquivo

Dona Zuzu tinha 103 anos




O bairro do Garcia (e todos que frequentavam ou conheciam o tradicional espaço Aconchego da Zuzu) está de luto com a notícia do falecimento da matriarca que dava nome ao restaurante. Juvência dos Santos Marinho – ou simplesmente Dona Zuzu — faleceu em casa e foi sepultada às 16h deste domingo, 2, no cemitério do Campo Santo.

Com uma trajetória de 103 anos, ela nasceu no Politeama de Baixo, tendo vivido também no bairro do Tororó.

Símbolo de alegria e entusiasmo, com atuação marcante na época de ouro do Carnaval das escolas de samba — que tinham no Garcia um celeiro de artistas —, ela se estabeleceu no bairro, vivendo com os seis filhos, 16 netos e 9 bisnetos.

Dona Zuzu morava numa pequena "ilha", em que estão distribuídas várias casas, cujo pátio central abriga o restaurante que lhe presta homenagem, o Aconchego da Zuzu.

Parece que a disputa final de Highlander será entre D. Canô e Hebe Camargo.

Comentários

  1. Que porra! Agora os meus comentários que eu fiz por aqui DESAPARECERAM!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas não são censurados. Caso seu comentário não vá ser exibido, uma explicação será dada.

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

A carne mais barata do mercado...

Respeito póstumo