Mudou?

Na semana passada, pela primeira vez na história, um Papa admitiu o uso do preservativo para casos envolvendo prostituição num livro em que concede uma entrevista para um repórter alemão. Dom Odilo afirmou que a igreja segue não aprovando e nem aconselhando o que chamou de "profilático", mas recomendando primeiro a abstinência sexual, depois a fidelidade ao parceiro e a camisinha apenas como um último recurso.


Ou seja, segundo vossa santidade, quem usa camisinha é puta! E seguimos a vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

A carne mais barata do mercado...

Respeito póstumo