I Will Survive Dancing Auschwitz - Full Version

Era de se esperar que meu primeiro post, após o retorno, fosse a respeito de minha viagem a Cuba. Mas ainda nao estou completmente recuperado dessas férias desastradas e entre tantos assuntos para comentar: polvo vidente, jogador assassino, lei anti palmadas... resolvi falar sobre o vídeo que uma família de sobreviventes do Holocausto fizeram, em sua viagem pela Europa. Ao som de "I will survive" eles dançaram em campos de concentração e outros memoriais.
Claro que não demoraram a surgir os protestos, alegando que a família estava debochando do sofrimento das vítimas do nazismo.
Ora, ninguém quer minimizar a grande tragédia que foi para a humanidade o nazismo, apesar de eu achar que para as vítimas de outras guerras a graduação da crueldade de uma ou outra é irrelevante.
Mas será que os sobreviventes e seus descendentes não tem direito, após esses anos, de celebrar por terem sobrevividos? Eles não eram nazistas, eram suas vítimas. Não podem ficar se culpando por terem escapado com vida enquanto outros pereceram.

Comentários

  1. Eles não estão tripudiando, este senhor que aparece no vídeo, idealizador dessa cena, esteve em campos de concentração, me parece que teve os pais mortos. Ele sobreviveu! Ele tem o direito de celebrar isto ao lado dos filhos e netos como queira, ele não está prejudicando ninguém. Quem não quiser então não assista ao vídeo, é simples assim. Tenho profundo respeito pelo tema, lamento haver esta mancha em nossa história, mas adorei o vídeo. Este senhor deve ser uma pessoa adorável.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas não são censurados. Caso seu comentário não vá ser exibido, uma explicação será dada.

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

Respeito póstumo

Então não vamos mais brigar