Até quando?


Não adianta procurar CARLOS AUGUSTO DA MOTA ANDRADE no orkut ou no Facebook. Mesmo uma pesquisa no Google resulta em menos de meia dúzia de resultados: 1 anúncio como estagiário de direito e alguns resultados de classificação em concursos. E só. Mas hoje não adianta procurar Carlos em sua residência, ou em seu lar com seus pais, ou onde ele estudava... Carlos foi assassinado, segundo eu soube, vítima de agressãoões físicas. Por mais absurdo que possa parecer, ele morreu de tanto apanhar de outros seres que insistimos em tratar como humanos. Seres anônimos, pelo visto, sem rostos e sem identificações. A polícia não tem pistas, ninguém sabe, ninguém viu uma pessoa ser espancada até a morte.
É a terceira pessoa conhecida minha que morre vítima de violência. Um número alto, muito alto. Significa que muita gente tem morrido dessa maneira. Significa que vivemos num país sem a menor segurança e com muita impunidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

A carne mais barata do mercado...

Respeito póstumo