Fazendo escola

A qualidade do serviço da Perini, que eu relatei num post anterior, acabou sendo imitada por empresas menores que também querem ser como a grande delicatessen. Adaptando o jeitinho de reter o produto no balcão, vejam esse bilhete:



O problema aí, é que o cliente só pode se dirigir ao caixa depois que souber qual é a cota necessária pra ele.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

Respeito póstumo

Então não vamos mais brigar