O que importa?

Na matéria sobre a greve do judiciário estadual, a repórter entrevista o povo na fila:
- A Sra. está aqui desde que horas?
- Eu vim do interior, cheguei ontem já tarde, dormi aqui e voltei hoje às seis pra autenticar um documento.
- É um documento importante?

Atenção senhores repórteres e jornalistas, diplomados ou não, por que alguém se daria a um trabalho de ir a outra cidade para autenticar um documento sem importância? Aliás por que alguém autenticaria um documento sem importância, mesmo que morasse dentro do cartório?

Comentários

Postar um comentário

Os comentários são moderados, mas não são censurados. Caso seu comentário não vá ser exibido, uma explicação será dada.

Postagens mais visitadas deste blog

Bate o sino, pequenino

A carne mais barata do mercado...

Respeito póstumo